Faixa 10 – João Gilberto – 1973

“Izaura” (Roberto Roberti, Herivelto Martins)

Ai, ai, ai, izaura, hoje eu não posso ficar
Se eu cair em seus braços, não há desperta- dor
Que me fa- ça acordar, (eu vou trabalhar)

Ai, ai, ai, izaura, hoje eu não posso ficar
Se eu cair em seus braços, não há desperta- dor
Que me fa- ça acordar, (eu vou trabalhar)

O trabalho é um dever, todos devem respeitar
O izaura me desculpe, no domingo eu vou voltar
Seu carinho é muito bom, ninguém pode contestar

Se você quiser eu fico
Mas vai me prejudicar
Eu vou trabalhar

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *